A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Clique em uma letra para ver a lista das condições que iniciam com a respectiva letra.
Clique em “Índice da biblioteca” para voltar para a lista de todos os tópicos.

Dicas para controlar sua doença de refluxo gastroesofágico (DRGE)

Cigarro e bebidas alcoólicas

Evite fumar cigarros e ingerir bebidas alcoólicas. Esses hábitos podem piorar os sintomas da DRGE. Quando você tem DRGE, você tem a sensação de que a acidez do seu estômago está voltando para sua boca. Fazer mudanças no seu dia-a-dia pode controlar a DRGE. Converse com seu médico a respeito das seguintes sugestões que podem aliviar os seus sintomas.

Fique atento aos seus hábitos alimentares

Alguns tipos de alimentos podem elevar a acidez no seu estômago ou relaxar o esfíncter inferior do esôfago, aumentando a chance de desenvolver ou piorar a DRGE. É melhor evitar o seguinte:

  • Café, chá e bebidas com gás (com ou sem cafeína)

  • Alimentos gordurosos, fritos ou condimentados

  • Menta, chocolate, cebola e tomate

  • Todos os outros alimentos que parecem irritar seu estômago ou lhe provocam dor

Alivie a pressão sobre o estômago

Image of patient in raised bed

  • Coma porções menores durante as refeições, mesmo que você precise comer mais vezes.

  • Não se deite logo após fazer uma refeição. Espere algumas horas para que seu estômago esvazie.

  • Evite usar roupas justas e cintos apertados.

  • Perca o excesso de peso.

Eleve sua cabeça

O refluxo ocorre com mais facilidade quando você está deitado de costas, pois os líquidos do estômago podem fluir para trás com maior facilidade. Tente elevar a cabeceira da sua cama de 10 a 15 centímetros. Faça o seguinte:

  • Coloque tijolos ou livros debaixo dos pés da cabeceira da cama.

  • Coloque um calço debaixo do colchão.

  • Incline a cama toda ou o colchão.

  • Você não deve levantar apenas a cabeça usando vários travesseiros, pois isso aumenta a pressão sobre seu estômago e pode piorar a DRGE.

© 2000-2022 The StayWell Company, LLC. Todos os direitos reservados. Estas informações não pretendem substituir cuidados médicos profissionais. Siga sempre as instruções do seu profissional da área de saúde.