A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Clique em uma letra para ver a lista das condições que iniciam com a respectiva letra.
Clique em “Índice da biblioteca” para voltar para a lista de todos os tópicos.

Tratamento da incontinência urinária da mulher: reeducação e auto-sondagem

Você e o seu médico podem conversar a respeito de outras maneiras para lidar com a sua incontinência urinária. Essas soluções podem ser usadas em conjunto ou em substituição a outros tratamentos. O seu médico pode lhe ensinar algumas maneiras de “reeducar” a sua bexiga.

Image of woman

Reprogramação miccional

A reprogramação miccional consiste em urinar em horários previamente programados. Isto permite esvaziar a bexiga periodicamente e ajuda a evitar perdas urinárias acidentais. Vá ao banheiro em horários programados – não espere até que você sinta urgência para urinar. O seu médico pode lhe sugerir com que freqüência você deve urinar.

Reeducação da bexiga

Se você tiver incontinência urinária de urgência, você deve estar acostumado a ir ao banheiro com muita freqüência. Para lhe ajudar a “reeducar” a sua bexiga, o seu médico pode sugerir que você utilize os exercícios de Kegel. Toda vez que você sentir urgência para urinar, procure segurar a sua vontade, contraindo os músculos do assoalho pélvico. Tente segurar a sua urina por mais tempo a cada vez. O seu médico pode estipular uma meta para você alcançar. É importante observar que este tratamento nunca deve ser empregado em crianças.

Auto-sondagem

A sondagem urinária emprega um fino tubo (sonda) para drenar a urina da bexiga. A sonda é inserida dentro da bexiga através da uretra. Pode ser que o seu médico peça para você fazer a auto-sondagem. A drenagem periódica da urina presente em sua bexiga pode ajudar você a controlar a incontinência urinária de transbordamento. O procedimento é indolor e fácil de aprender. Se este tratamento puder ajudá-lo, o seu médico irá ensiná-lo como proceder.

© 2000-2022 The StayWell Company, LLC. Todos os direitos reservados. Estas informações não pretendem substituir cuidados médicos profissionais. Siga sempre as instruções do seu profissional da área de saúde.