A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Clique em uma letra para ver a lista das condições que iniciam com a respectiva letra.
Clique em “Índice da biblioteca” para voltar para a lista de todos os tópicos.

Reaprendendo a respirar: respiração diafragmática

Se você observar um bebê dormindo, você verá que o estômago do bebê sobe e desce com cada respiração. Os bebês respiram naturalmente com o diafragma (um músculo em forma de cúpula que fica abaixo dos pulmões). Com a doença crônica dos pulmões, pode ser que você passe a usar músculos acessórios (uma combinação de músculos no peito, ombros e pescoço) no lugar do diafragma. Usar mais músculos exige mais esforço e piora a falta de ar. Você pode e deve reaprender a respirar com o diafragma, porque dessa forma você estará usando somente um músculo para respirar ao invés de muitos, consumindo menos energia.

1. Sente-se ou deite-se de costas de forma que você se sinta relaxado. No início, pode ser mais fácil praticar esta técnica deitado. Inspire devagar pelo nariz e conte até 2. Ao inspirar, seu estômago deve se movimentar para fora.

 

2. Expire pelos lábios entreabertos e conte até 4. Ao expirar, você deve sentir seu estômago se movimentar para dentro.

Experimente isto!

Você pode fortalecer o músculo do diafragma da mesma forma que você faz com qualquer outro músculo, trabalhando contra a resistência. Uma vez que você tenha dominado a respiração diafragmática, experimente um  pouco de levantamento de peso! Deite-se de costas e com um peso sobre o seu estômago faça, por alguns minutos, a respiração diafragmática. Comece com um peso leve, como, por exemplo, um saco de farinha de meio  quilo e vá aumentando até chegar a um quilo.

© 2000-2022 The StayWell Company, LLC. Todos os direitos reservados. Estas informações não pretendem substituir cuidados médicos profissionais. Siga sempre as instruções do seu profissional da área de saúde.