A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Clique em uma letra para ver a lista das condições que iniciam com a respectiva letra.
Clique em “Índice da biblioteca” para voltar para a lista de todos os tópicos.

Convivendo com a doença de Crohn

A doença de Crohn é um tipo de doença inflamatória intestinal (DII). Com o tempo, você aprenderá como controlar seus sintomas e não ter prejuízos no seu dia a dia por causa da doença. A sua participação num grupo de apoio pode ser uma boa oportunidade para que você troque experiências com outras pessoas que passam pelos mesmos problemas que você.

Tenha um plano

Tenha o seguinte objetivo: “A doença de Crohn não me afastará das atividades que gosto”. Pode ser que você precise se planejar para atingir esse objetivo, mas manter uma atitude positiva pode ajudá-lo a lidar melhor com a sua doença. Veja abaixo algumas outras dicas:

  • Saiba aonde encontrar banheiros limpos nos locais que costuma freqüentar.

  • Faça refeições menores ao invés de três refeições mais volumosas. Especialmente quando estiver fora de casa ou quando não tiver acesso fácil a banheiros limpos.

  • Se você teve alguma crise recentemente, coma alimentos que você sabe que diminuirão os seus sintomas. Tenha esses alimentos sempre à mão, tanto em casa como no trabalho.

  • Faça um pouco de exercício físico todos os dias.

  • Busque uma maneira de reduzir o seu estresse.

  • Se você estiver programando uma viagem longa, converse com seu médico sobre seus planos. Ele poderá ensiná-lo o que fazer, caso você tenha alguma crise durante a viagem.

Procure um grupo de apoio

Os grupos de apoio aos portadores da doença de Crohn podem ajudá-lo com muitas questões que você pode ter. Outras pessoas já sentiram muito do que você pode estar sentindo. Só o fato de saber que você não está sozinho, pode ser um grande alívio. No grupo de apoio você pode encontrar quem lhe dê dicas que podem funcionar perfeitamente para você. E, não se esqueça do quanto você pode se sentir satisfeito ao ajudar outros pacientes com a doença de Crohn.

Controle da alimentação

Assim como qualquer outra pessoa, você deve optar por comer alimentos saudáveis. Mas infelizmente, até alguns dos alimentos mais saudáveis podem piorar seus sintomas. Você deve prestar atenção nos alimentos que desencadeiam uma crise de dor. Eles representarão um problema para você. Esclareça com seu médico todas as dúvidas que você tenha a respeito de uma alimentação saudável.

Evite os alimentos que são um problema para você

Não existe uma regra para determinar que alimentos podem ser um problema para você. A melhor indicação é como você se sente após comê-los. Pode ser que você precise evitar alimentos ricos em fibras e aqueles alimentos mais difíceis de serem digeridos. Alimentos ricos em gordura, tais como derivados de leite integral e carne vermelha, também podem piorar os seus sintomas. Anote o que você come e como esse alimento lhe afeta. Se um tipo de alimento sempre lhe causa problema, fique longe dele. Observe também os alimentos que lhe trazem bem estar. Pode ser que seu médico solicite que você consulte um nutricionista para que ele lhe indique opções de alimentos mais seguros e nutritivos.

Alimentos que geralmente são mais “seguros”

Abaixo estão algumas opções que podem ser boas para você durante uma crise:

  • Atum conservado em água

  • Frango sem pele

  • Arroz branco

  • Purê de batatas

  • Massas sem molho

  • Aveia instantânea

  • Gelatina

  • Flan de baunilha

  • Pudins

  • Batatas assadas (não coma a pele)

  • Pêssegos ou pêras enlatados

Se você precisar de uma alimentação especial

Em situações muito especiais, o intestino delgado está muito prejudicado e não consegue absorver os nutrientes. Por isso, seu médico pode indicar a nutrição parenteral total (NPT) que é um tratamento que fornece alimentação por meio de um tubo intravenoso (IV). Desta forma, você pode receber nutrientes sem comer, dando ao seu intestino tempo para descansar. A NPT pode ser realizada tanto no hospital como em casa, com o auxílio de uma enfermeira.

© 2000-2022 The StayWell Company, LLC. Todos os direitos reservados. Estas informações não pretendem substituir cuidados médicos profissionais. Siga sempre as instruções do seu profissional da área de saúde.